atendimento (11) 3238-1777
whatsapp (11) 93800-3674

Você já pensou a tremenda dor de cabeça que seria se a sua empresa decolasse e alcançasse o sucesso, mas recebe uma ação judicial dizendo que a sua marca já foi registrada por outra pessoa e precisa trocar?

Pois bem, ações como essas são de assustar, mas são cada vez mais frequentes entre as empresas e seus concorrentes.

Vale lembrar que o registro da marca não é somente uma necessidade legal, mas também uma estratégia sensata de negócios. Mas para isso, é preciso garantir o registro desde do início.

Abaixo colocamos os principais benefícios que você empreendedor tem ao registrar a sua marca. Então confira:

  1. Marca registrada significa a garantia de um ativo que pode valer muito no futuro
    Principalmente para pequenas empresas e startups, pode parecer desnecessário registrar uma marca no começo do empreendimento. No entanto, esse ativo, por mais intangível que seja, pode chegar a valer muito no futuro, às vezes até mais do que os bens tangíveis da empresa. Ao ter sua marca registrada, você garante que a propriedade desse ativo não seja questionada no futuro, já que terá sido o primeiro a formalizar sua propriedade.

  2. Ela agrega valor a produtos e serviços
    Como as marcas indicam a procedência e a qualidade de um bem ou serviço, ela é essencial para que seus clientes valorizem seus produtos. Seja a marca tradicional ou inovadora, quanto melhor ela conectar-se com o público, maior é sua capacidade de gerar valor no mercado, ainda que os custos de produção e oferta dos bens e serviços não sejam tão altos assim. Ou seja, ela agrega valor a seu empreendimento.

  3. O registro de marcas impede a concorrência desleal
    Para impedir que concorrentes desleais utilizem sua marca sem autorização, o primeiro passo é mesmo o registro da marca. Assim, você garante que qualquer uso posterior e não autorizado da marca esteja em violação às leis de propriedade industrial do país.

  4. Marcas registradas facilitam indenizações em caso de uso indevido
    Ainda que você tenha registrado sua marca, é possível que concorrentes a utilizem sem sua autorização. Nesse caso, seria necessário agir judicialmente para buscar indenizações por eventuais perdas e danos causados. Com o registro da marca em mãos, o andamento do processo será muito mais rápido e sem surpresas.

  5. Assim como outros bens da empresa, marcas podem ser vendidas, licenciadas e franqueadas
    Sua marca registrada se consolidou no mercado, passou a agregar mais valor a seus negócios e é disputada entre consumidores? Que tal licenciá-la ou franqueá-la? Essas são maneiras alternativas de aumentar seus rendimentos sobre esse ativo, sem deixar de ser o proprietário dele. Além disso, também é possível vender algumas marcas, já que esse ativo não se confunde com a pessoa jurídica que é a empresa. Assim, marcas registradas podem ser negociadas em transações de fusão, aquisição ou venda de empresas.

  6. Fidelização de consumidores e respaldo no mercado
    Com o passar do tempo, uma marca consegue consolidar o que há de mais importante para uma empresa: a fidelização de seus consumidores. Esse sinal distintivo será garantia de respaldo no mercado, qualidade do produto ou serviço, assim como indicações da boa procedência do que está sendo comercializado.

Esperamos ter auxiliado com as principais informações, evitando assim dores de cabeça, não corra riscos desnecessários e nem deixe a marca ao acaso. Registre a sua marca hoje mesmo e garanta a propriedade intelectual daquilo que é seu!

Compartilhe:


CNPJ: 00.013.150/0001-30 | INPROMM - Propriedade Industrial e Intelectual ® Desenvolvido por: Innovar - Agência Digital