atendimento (11) 3238-1777
whatsapp (11) 93800-3674

Com o grande número de Backlogs (solicitações de registro de marca), processos de alto custo e a demora para acompanhamento dos pedidos, o INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), precisou passar por processos de reestruturação, visando à redução do estoque de pedidos de exame de marcas e aumento no quadro de servidores em 22%. O aumento gerou amplos processos internos que foram intensamente trabalhos, força-tarefa composta por 27 tecnologistas que foram responsáveis em 30% a mais do esperado, redução significativa do backlog de recursos administrativos de marcas. Houve também a redução de 421.941 processos pendentes para exame em 2016 e 358.776 ao final de 2017, mesmo com a entrada de mais 180 mil novos pedidos ao longo de 2017.  

 

Essas mudanças trouxeram novas oportunidades, umas delas surgiu através do Governo Federal na autorização para a contratação de 50 novos tecnologistas, a outra foi a união entre, Evandro Garla – MDIC (Ministério da Indústria, Comercio Exterior e Serviços), Guto Ferreira -ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial) e Luiz Otávio Pimentel – INPI, para investir R$ 40 milhões no instituto. Esses recursos trarão avanços tecnológicos na infraestrutura do órgão.

 

Grandes motivos para comemorar

Devido à preocupação dos empreendedores em regularizar suas marcas para não sofrer com a concorrência desleal e o plágio, o número de solicitações para marca teve um aumento significativo de (14,9%), pedidos de patentes (7,6%) e desenhos industriais (26%). Este aumento foi tão positivo que no ranking mundial, o Brasil se encontra na liderença com 86% de solicitações de marcas, em segundo os Estados Unidos com 5% e os demais países com 1%.

 

As pesquisas apontam que a maior busca pela solicitação do registro vem das empresas de pequeno porte, seguidas das empresas de médio e grande porte, pessoas físicas e associações com intuito não econômicos

 

Não perca tempo!

Com as melhorias apresentadas pelo INPI e a grande procura por pedidos de registro de marca, você empreendedor deve estar atento a essa evolução mercadológica.

Seguindo as orientações passadas pela INPROMM no artigo anterior “5 passos essências para você não perder o seu negócio”, esclarecemos como resguardar a sua marca e evitar que seu pedido sofra futuras exigências. 

Esperamos ter auxiliado com as principais informações iniciais ao pedido de registro de marca, evitando assim dores de cabeça, não corra riscos desnecessários e nem deixe a marca ao acaso. Registre a sua marca hoje mesmo e garanta a propriedade intelectual daquilo que é seu!

Compartilhe:


CNPJ: 00.013.150/0001-30 | INPROMM - Propriedade Industrial e Intelectual ® Desenvolvido por: Innovar - Agência Digital