atendimento (11) 3238-1777
whatsapp (11) 93800-3674

Porém, para que o consumidor de fato teste a qualidade dos seus produtos ou serviços, existe um passo anterior. É necessário que ele associe seu produto ou serviço à qualidade que eles realmente oferecem, ou seja, é preciso que eles reconheçam a sua marca. Infelizmente muitas empresas não encaram sua própria marca como um ativo. Muitas até desconhecem o que é marca e como trabalhá-la no mercado.

Para empresas que ainda não conhecem esse conceito e tem dúvidas sobre o que é marca, preparamos este post. Para quem não quer colocar a boa reputação e imagem de um negócio em risco, vale a pena conferir!

O DNA da sua empresa

Talvez você já tenha ouvido a expressão de que a marca é o verdadeiro DNA de uma empresa. Isso porque a marca é, de fato, o principal vínculo de identificação entre um produto e o consumidor.

Afinal, o que é marca?

Segundo o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), marca é um sinal distintivo cujas funções principais são identificar a origem e distinguir produtos ou serviços de outros idênticos, semelhantes ou afins de origem diversa. Uma marca, portanto, pode ser um nome, uma imagem, um som, uma palavra ou até uma letra que tenha como finalidade a representação de um produto ou serviço.

A marca é o que atribui qualidades aos produtos ou serviços, gerando a diferenciação e o reconhecimento no mercado. Portanto, é a marca que conecta produtos e serviços aos consumidores, fazendo com que eles se tornem clientes a partir das qualidades que experimentam.

A marca como valor

Hoje no mercado existem marcas que valem milhões. Coca-Cola, Apple, Google e McDonald’s são apenas alguns exemplos. Porém, porque mesmo valendo milhões tantas empresas não possuem o devido cuidado com a própria marca?

A resposta pode ser tanto pela falta de conhecimento, quanto pela falta de perspectivas com relação ao próprio negócio. Muitos não sabem, mas a exclusividade para o uso de marcas só ocorre após o registro junto ao INPI. Sem esse procedimento, qualquer outra pessoa ou empresa pode utilizar a sua marca, independentemente de você ser o criador do conceito, do logo, do design e das características que tornam seus produtos ou serviços conhecidos no mercado. A proteção jurídica da marca, portanto, pressupõe o registro e somente através desse procedimento o dono da marca pode fazer uso dela de forma exclusiva.

No início é difícil compreender o valor de um negócio. Porém, é justamente nesse momento que muitos empreendedores deixam de tomar os devidos cuidados e podem acabar perdendo o direito de uso da própria marca para os concorrentes. O risco atrelado à falta de registro é o mesmo tanto para pequenos quanto para os grandes negócios. Assim, é importante investir em registrar a marca o mais rápido possível, mesmo quando o negócio é ainda está no início.

Hoje já existem boas assessorias que oferecem suporte para empreendedores que precisam registrar sua marca. Além de garantirem mais celeridade ao processo, essas assessorias permitem que a empresa tenha um dos seus maiores ativos protegidos, enquanto empreendedores se focam naquilo que é mais importante para o negócio.

Você já sabia o que é marca e qual a importância de uma para um negócio? Quer agilizar o procedimento de registro e proteger esse valioso ativo? Clique aqui e nós ajudaremos em tudo!

 

Compartilhe:


CNPJ: 00.013.150/0001-30 | INPROMM - Propriedade Industrial e Intelectual ® Desenvolvido por: Innovar - Agência Digital